ÍNDICE br x bt

R$34.775,00


Valor Mínimo

R$32.591,07

Valor máximo

R$57.870,03

Valor médio

R$36.340,28

Volume

3109,66BTC

Crypto Trade

17 de Maio de 2018

A influência do ágio na arbitragem de criptomoedas

Influência do ágio na arbitragem de criptomoedas

 

O fator fundamental para avaliar a lucratividade da operação de arbitragem com criptomoedas é o ágio existente na ocasião.

Os índices mais comuns para avaliação de ágio chamam-se “Ágio C” e “Ágio T” ou “Ágio Dólar Comercial” e “Ágio Dólar Turismo”. Eles medem, basicamente, a diferença de cotação de Bitcoins e outras criptomoedas do Brasil com relação a corretoras internacionais que operam em dólar.

Geralmente, as maiores corretoras, com bastante liquidez em seus livros, tais como Bitfinex, Poloniex e Binance, entre outras, possuem as cotações mais neutras das criptomoedas, sem muita diferença para cima ou para baixo.

Ao comprar criptomoedas no Brasil, muitas vezes o valor da cotação do ativo em reais acaba sendo superior ao valor do ativo em dólares. Isto se deve ao ágio, que influencia bastante na cotação da moeda. Geralmente é recomendável investir na compra de Bitcoins e altcoins quando o ágio estiver inferior a 5%, sendo 10% o máximo admissível.

Ágio positivo: arbitragem no sentido exterior para o Brasil

Diagrama Ágio positivo: arbitragem exterior - Brasil
Diagrama Arbitragem exterior – Brasil. Fonte: Icoinomia

Quando o índice de arbitragem estiver superior a 5%, e preferencialmente equivalente a 10% ou mais, é vantajoso fazer arbitragem comprando criptomoedas no exterior e vendendo no Brasil.

O mais importante no momento de fazer esta análise é verificar a cotação do dólar de câmbio que o seu banco utiliza para a transferência entre contas no Brasil e no exterior. Frequentemente, este dólar não é o comercial nem o turismo, mas um índice de câmbio fornecido pelo próprio banco, que poderá influenciar a lucratividade da operação.

Diferenças muito pequenas com relação à arbitragem (ágio baixo) poderão resultar em prejuízo na operação, pelo motivo de que ainda existirão taxas de compra ou venda dos ativos e taxa de saque da exchange escolhida. Verifique os melhores índices previamente através do site do instituto Icoinomia e da calculadora P2P.

Um mercado aquecido, com muito índice de compras de Bitcoins e criptos, poderá facilmente produzir um ágio entre 10 e 20%, sendo um cenário muito favorável para este tipo de atividade.

Ágio negativo: arbitragem no sentido Brasil para Estados Unidos

Diagrama Ágio negativo: arbitragem Brasil - EUA
Diagrama Arbitragem Brasil – EUA. Fonte: Icoinomia

Existem alguns momentos, geralmente de curta duração e atrelados à baixa no mercado de criptomoedas, em que o ágio no Brasil pode ser negativo, isto é, existem mais compradores do que vendedores.

Este poder ser um momento especialmente interessante para entrar no mercado de criptomoedas ou aumentar seu investimento, e também realizar operação de arbitragem no sentido inverso.

O cenário de ágio negativo é propício para comprar Bitcoins e altcoins em exchanges brasileiras, transferir para exchanges internacionais e vender. O processo de retorno do dinheiro se dá através do saque de moeda FIAT (geralmente euros ou dólares) para uma conta-corrente, com remessa para sua conta no Brasil.

Importante: deve-se levar em conta que a taxa de câmbio para receber ordem do exterior sempre é cotada em dólar mais baixo do que a taxa de remessa para enviar dinheiro.  Verifique com seu banco.

Recomendação final: a escolha da moeda

A correta escolha da criptomoeda é essencial para o sucesso de uma operação de arbitragem. Algumas moedas, especialmente o Bitcoin, podem demorar muito no processo de transferência, especialmente em períodos de congestionamento de rede.

Desta forma, uma flutuação na cotação pode oferecer uma janela de tempo suficiente para realizar a operação de arbitragem com sucesso.

Verifique sempre a moeda com a qual vai realizar a operação, quem sabe fazendo uma transferência de teste com menor quantidade antes de arbitrar o valor final.

 

Leia também: Short Squeeze: o que significa a operação que reverteu a baixa do Bitcoin em 2018

Antonio Borba

Antonio Borba é especialista em marketing digital, CEO da Rede Magic e Magic Web Design. Investe em criptoativos e realiza operações de trade. Em seu blog, discute assuntos de videogames vintage (Atari) e outros interesses pessoais:

www.antonioborba.com

O Icoinomia é um instituto de entusiastas das criptomoedas, da descentralização e do desenvolvimento tecnológico democrático. Ofeceremos um ranking para comparar valores e outros aspectos de bitcoins e altcoins, com uma análise imparcial.

Acesse o site: www.icoinomia.com.br

1 Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Youtube

LinkedIn