ÍNDICE br x bt

R$34.775,00


Valor Mínimo

R$32.591,07

Valor máximo

R$57.870,03

Valor médio

R$36.340,28

Volume

3109,66BTC

Crypto Trade

20 de Abril de 2018

O que é Bull Market e Bear Market?

O que é Bull Market e Bear Market

Os temos “bull” e “bear” market são originários do mercado de ações e servem para designar tendências de alta ou baixa, respectivamente.

Assim como nas bolsas convencionais, o mercado de criptomoedas também possui momentos com forte propensão para subidas ou quedas, durante os quais é possível observar com clareza estes movimentos.

A melhor forma de perceber tendências a curto, médio e longo prazo é utilizando softwares específicos para traçar gráficos. Os “charts”, assim chamados, sempre refletem o valor de um ativo com relação a outro. Por exemplo, um chart BTCUSD indicará o valor do Bitcoin com relação ao dólar.

A origem dos nomes e termos

Há uma justificativa geralmente aceita no mercado a respeito da origem dos termos bull e bear, de que estes fazem uma analogia aos movimentos dos animais: enquanto o urso realiza um arco de cima para baixo com suas patas, o touro dá a chifrada de baixo para cima.

Entretanto, a origem verdadeira é bem mais complexa. Relatos históricos dão conta de que o termo bear é proveniente dos mercadores de pele de urso do passado, ou seja, que exerciam a profissão chamada de “bearskin jobber”. O mercador tinha por costume vender as peles antes mesmo do urso ser caçado. Este hábito, muito malvisto, causava uma especulação diante da certeza detida pelo vendedor de que as peles seriam compradas por um valor abaixo do preço pelo qual as vendeu antecipadamente.

A referência ao touro surgiu logo em seguida, na forma de uma espécie de “alter ego” do urso, associado com a expectativa do mercado subir.

 

Bull Market: o mercado em ALTA

Bull market é o mercado mais comumente observado nos criptoativos desde que o Bitcoin foi lançado e, principalmente, após a febre das altcoins de 2017.Bull market

O melhor exemplo de um mercado bullish, bull market ou com tendência de alta pôde ser observado nos meses de novembro e dezembro de 2017, que produziram ganhos de ordem assombrosa para inúmeras moedas como Bitcoin (BTC), Litecoin (LTC), Ethereum (ETH), Ripple (XRP), IOTA e muitas outras. Dezembro de 2017 foi o mês que gerou a cotação mais alta do Bitcoin, aproximadamente USD 20,000, precipitando uma queda acentuada de quase 30% nos dias seguintes.

O investidor que acredita na alta do mercado é também chamado de “bull”.

 

Bear Market: o mercado em BAIXA

Bear market é o que muitos investidores de criptomoedas experimentaram pela primeira vez a partir do final de 2017 e 2018 adentro, com sucessivas quedas do Bitcoin e todas as criptomoedas.

Bear market

Um mercado bearish, bear market ou com tendência de queda é mais difícil de gerar ganhos, pois exige, dentro da limitação da maioria das exchanges, a adoção de uma estratégia de vender o ativo em alta para uma recompra em valor mais baixo, sendo problemático prever o fundo.

O investidor que acredita na baixa do mercado é também chamado de “bear”.

 

 

Leia também: Formas de mineração: entenda PoW, PoS e PoC

Antonio Borba

Antonio Borba é especialista em marketing digital, CEO da Rede Magic e Magic Web Design. Investe em criptoativos e realiza operações de trade. Em seu blog, discute assuntos de videogames vintage (Atari) e outros interesses pessoais:

www.antonioborba.com

O Icoinomia é um instituto de entusiastas das criptomoedas, da descentralização e do desenvolvimento tecnológico democrático. Ofeceremos um ranking para comparar valores e outros aspectos de bitcoins e altcoins, com uma análise imparcial.

Acesse o site: www.icoinomia.com.br

5 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Youtube

LinkedIn